Sobre Música Independente – O negócio da Arte

Sobre Múscia Independente – O negócio da arte

Sobre Música Independente : Até que ponto, Arte e Negócio se misturam ?
Faço Arte ou tenho um negócio ?

Sobre Música Independente e os primeiros contatos

Na minha infância e pré-adolescência, eu não conseguia enxergar a música como um negócio, uma profissão…
Não conseguia imaginar que aqueles caras que eu assistia na TV e ouvia no disco da vitrola da minha mãe ou no rádio viviam daquilo…
Era algo muito diferente…Era algo muito diferente mesmo…
Aliás, até concebia que aquele pessoal vivia daquilo ( que para mim ainda era um objeto intangível e maravilhoso) …E, justamente esse sentimento de carinho pela música é que tornava isso muito diferente , incrível e curioso para mim…
Era diferente do contato que eu tinha com as profissões que me rodeavam…Pessoas que trabalhavam e faziam com que eu tivesse uma outra relação do que realmente era trabalho é que me confundiam quanto à música…
A música, para mim, já era tão incrivelmente maravilhosa que não combinava com o conceito que via de trabalho a partir da relação que os que me rodeavam tinham com o trabalho…
Não havia músicos na minha família…Havia pessoas que gostavam muito de música…Isso, sim.
A música era ouvida na vitrola, no rádio, na tv, era assobiada…enfim, era tido como um objeto de fruição…e, por essa relação, não conseguia enxergar a música como um negócio.
Inclusive, agradeço a papai e mamãe por me apresentarem e me manterem sempre em contato direto com a música…

Sobre Música Independente e negócios

Padeiro, pedreiro, professor, médico, engenheiro e arquiteto…
Isso sim, para mim eram profissões…A música era muito mais…uma coisa que não conseguia explicar, muito menos entender…a única certeza que eu tinha, era que eu gostava muito…
Profissão para mim, tinha que ter cartão ponto, crachá, uniforme…Chefe…
Foi só depois de muito tempo, que entendi que a música também poderia ter tudo aquilo que as profissões que eu conhecia tinham…só depois do dia em que ingressei na música como trabalhador…trabalhador da música.
Esse novo conceito de música como trabalho veio acompanhado de uma dose de decepção…
E o fato de que a música também podia manter as mesmas relações que os trabalhadores normais que eu conhecia colaborou muito pra isso…mas, ao mesmo tempo, fez com que além do sentimento de carinho, eu também começasse a estabelecer uma relação de trabalho com a música…
No entanto, ainda alimento aquela relação pueril e poética com a música…
Porém, a música além de ser objeto de transcendência pessoal, interiorização e fruição…também é um negócio…
Um negócio que exige tempo, investimento e dedicação….
Um negócio, talvez, um pouco menos burocrático…mas, ainda assim, um negócio…

Assista a versão em vídeo clicando no link abaixo.

Venha discutir marketing Musical comigo.

Avante.

INSCREVA-SE NO CANAL

CURTA NO FACEBOOK

Baixe a Tablatura Stairway to Heaven para Ukulele !!! Digite um email válido e clique em "Inscreva-se"

Danilo

Uke Sessions é um projeto sobre divulgação do Ukulele. Além disso, serve de plataforma de lançamento do meu trabalho solo autoral com música.

Website: http://www.ukesessions.com.br

Deixe um comentário